Catalogação ABCD

Apresentação do módulo

O Módulo de Catalogação, parte do Módulo Central do ABCD, agrega a função de entrada de dados.

Por padrão, o Módulo de Catalogação é aberto automaticamente ao entrar no ABCD, desde que o usuário tenha permissão para tal.

Para começar e edição, selecione uma base de dados e clique em Entrada de dados.

Menu_catalogacao

A barra de ferramentas está relacionada à base de dados. Sempre que um registro é mostrado, uma segunda barra de ferramentas menor será apresentada e que contém os botões relacionados ao registro atual.

Legenda da barra de ferramentas da base de dados

Barra_ferramentas_numerada

Legenda da barra de ferramentas de edição do registro apresentado

Barra_ferramentas_edicao_registro_numerada

Navegação

Existem duas maneiras para localizar registros:

  • digitando o número do MFN na caixa dedicada, ou
  • clicando em um dos “botões de navegação” para ir para o primeiro, anterior, próximo ou último registro.

Pesquisa

O ABCD oferece duas formas principais para identificar um registro específico para catalogadores: por pesquisa ou selecionando registros através de uma listagem alfabética (A a Z).

  • realizando uma pesquisa com a função de busca embutida no módulo de administração de bases de dados, através do formulário de pesquisa avançada, no menu principal de administração).
O botão da lupa realiza a pesquisa e o com o X limpa os campos. Para voltar à visualização dos registros, sem realizar busca, basta navegar através das setas azuis ou digitar um MFN específico.
  • ferramenta de seleção A a Z
Ao clicar neste botão, irá mostrar outra pequena janela, em que todos os registros da base de dados estão listados de acordo com o campo identificado como o “campo identificador” na tabela de definição de campos (I – Identificador: Coluna 5); em geral, é o campo de título em bases de dados bibliográficas. Nesta lista, cada seção alfabética pode ser clicada e, ao clicar na linha desejada, o registro referenciado será automaticamente apresentado na janela principal, pronto para edição.

Inserção de dados / Novo registro

Para os exemplos, será considerada a base Formato Marc, base existente na instalação padrão do ABCD, que utiliza o formato MARC, criado pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos.

Recomenda-se o uso das regras do Código de Catalogação Anglo-Americano para o preenchimento dos dados.

Ao clicar no ícone de novo registro Novo_registro, aparecerão opções para escolher o tipo de registro — cada planilha está otimizada para um tipo de material, com os campos do Líder já configurados. Após escolher a planilha de entrada de dados, aparecerão os campos a serem preenchidos.

Há duas maneiras de entrar os dados dos subcampos. Pode-se usar os dois métodos, conforme a preferência.

Na planilha geral

É necessário digitar os indicadores e os separadores de subcampo. As repetições do campo, quando permitidas, são feitas na linha debaixo.

Na janela pop-up específica do campo

A disponibilidade de edição dos subcampos em outra janela é indicada pelo ícone Subcampo.

Nesta janela, o preenchimento é feito em caixas específicas para cada subcampo, não sendo necessário digitar o separador. Os indicadores são escolhidos conforme a verbalização (definida na FDT).

Para acrescentar uma ocorrência, basta clicar no ícone Acrescenta_subcampo e preencher os dados. O botão Elimina_subcampo elimina a ocorrência selecionada.

Para acrescentar subcampos, selecione o subcampo desejado na lista ao final do subcampo já existente.

Para utilizar dicionário de termos, clique em Indice_subcampo.

Para salvar, clique em Aceitar Aceitar. As ocorrências aparecem na caixa superior e é possível acrescentar nova ocorrência.

Para reordenar as ocorrências utilize as setas.

Para finalizar, clique em atualizar Atualizar. A janela pop-up fechará automaticamente e os dados estarão preenchidos na planilha completa. Ou cancele a edição no botão Cancelar.gif.
Legenda dos ícones (edição de registro)

Ajuda Ajuda do campo

Subcampo Abre em nova janela a edição do campo selecionado, disponibilizando mais opções de preenchimento.

Cabecalho Expande e comprime os campos agrupados. A mesma ação é feita ao clicar no nome do cabeçalho.

Indice_campo Abre nova janela com o dicionário de termos.

Salva_registro Salva o registro

Cancela_edicao_registro Cancela a edição do registro

Apaga_registro Apaga o registro

Cópia de registro

A cópia de registro permite reaproveitar as informações contidas em outro registro.

Pode ser feita de duas maneiras, a partir de um registro:

  • já existente na base de dados local; ou
  • compartilhado através do protocolo Z39.50.

De base local

Dessa maneira, pode-se aproveitar um registro já existente em sua base de dados local. Para isso, localize, através da navegação ou da pesquisa, o registro já existente e clique no ícone  Copiar_da_base.

Do protocolo Z39.50

Após feita a configuração do protocolo Z39.50, clique no ícone Z3950. A busca pode ser feita pelos campos título, autor, ISBN e ISSN. O resultado aparecerá em nova janela.

Para copiar o registro escolhido, clique no ícone Z3950_transferir. Na janela principal do ABCD, abrirá a edição do registro recém copiado, para adequação conforme a necessidade.

Para finalizar, basta salvar o novo registro.

Observação: os registros recuperados pelo protocolo Z39.50 estão no formato MARC21 (mais informações nas Ligações externas). Caso sua base não utilize este formato, pode ser necessário preparar um mecanismo de conversão antes de importar os registros.

Valores padrão

Função que permite inserir ou excluir os valores padrão (default) do formulário.

Relatórios / Impressão

Os relatórios do ABCD são gerados através de formatos de visualização (PFT) do ISIS, portanto, a configuração é a mesma utilizada no WinISIS.

Utilitários

O menu Utilitários inclui: importação e exportação; desbloqueio de bases; geração do arquivo invertido e alterações globais.

Importação e exportação

Disponibiliza duas maneiras para importação e exportação dos registros: arquivo ISO 2709 e de texto.

Arquivo ISO

Importação

Escolha um dos arquivos .iso disponibilizados na pasta \ABCD\www\bases\wrk.

Opcionalmente pode-se escolher por ‘Eliminar os registros da base de dados antes de importar’ e/ou pela ‘Geração do arquivo invertido’.

Exportação

Escolha apenas uma opção de seleção dos registros: por série de MFN ou por busca.

Além de indicar o nome do arquivo iso, incluindo a extensão (.iso) do arquivo.

Ele será salvo na pasta \ABCD\www\bases\wrk.

Arquivo de texto

Em ambos os casos, é possível criar uma tabela de conversão e salvá-la para posterior uso.

A tabela de conversão criada é salva na pasta /ABCD/www/bases/nome-base/cnv

Os campos não preenchidos não serão exportados.

Importação

Importação no ABCD:

Após a criação da tabela de conversão, é necessário selecioná-la dentre a lista das tabelas existentes. Na janela seguinte são colados os dados, que devem estar no padrão estabelecido pela tabela de conversão.

A última etapa inclui um relatório com os erros, se houverem, e um botão para Atualizar a base de dados com os dados importados.

Importação em outro programa:

Indique o delimitador e o separador utilizados na tabela de conversão quando os dados foram exportados.

Exportação

Para exportar os dados, deve-se selecionar uma tabela de conversão e depois escolher apenas uma opção de seleção dos registros: por série de MFN ou por busca.

O nome do arquivo de texto deve incluir a extensão .txt.

Os dados são apresentados na tela e, ao final, está indicado o caminho do arquivo salvo que, por padrão é: /ABCD/www/bases/wrk/nome_escolhido.txt

Ajuda

Abre uma janela com explicação sobre as opções do módulo de catalogação.

suporte

suporte escreveu 216 artigos

Deixe seu comentário